PROJETOS DE SÓTÃO

Por quê aproveitar o sótão ?

A idéia é desenvolver métodos construtivos que não oneram a estrutura de um telhado, pois é simplesmente mudar a posição de algumas madeiras, e o espaço do sótão está pronto. O aproveitamento definitivo pode ficar para depois.

Formas de morar são sinais do tempo. Quem determina é a necessidade moderna, condições modernas as incentivam. Assim o aproveitamento de sótão revelou-se como uma forma moderna de morar, um espaço independente com encantos arquitetônicos e a atmosfera e conforto só encontrados em um sótão.

A necessidade de espaço foi  uma das necessidades que fomentaram a criação de sótãos habitáveis, uma vez que, terrenos estão cada dia mais escassos e caros, o desejo por mais área habitacional é intenso, a exigência de melhorias na casa atual é uma preferência econômica. 

O aproveitamento de sótão pode ser o meio mais barato de obter-se mais área habitável, também pode abrir um caminho favorável de um local independente e individual, ou até uma moradia completa para dormir, estudar e trabalhar.

A inclinação ideal do telhado é em torno de de 57% (30°), e a altura mínima nas paredes laterais pode ser de até 80cm, a altura mínima para circulação ideal é abaixo de 2,10m. O sótão em geral oferece uma incrível liberdade  de configuração, mesmo onde a estrutura parece estar se opondo à configuração desejada, um bom carpinteiro-telhadista seguindo um projeto, poderá realizar alterações sem prejuízos na estrutura original. 

A configuração do sótão vai depender do tipo de telhado,se for de duas águas, o aproveitamento pode ser maior e pode-se usar as paredes laterais para iluminação e ventilação, em telhados de quatro aguas a iluminação e ventilação podem ser feitas com mansardas, lucardas e janelas de telhado( veja em nosso site), algumas marcas de janelas consagradas agora são fabricadas no Brasil já com vidros duplos, isolantes termo-acústicos e rufos que impedem infiltrações, estas janelas tem se mostrado a melhor e mais econômica opção para janelas em telhados.

No Brasil não existem leis específicas sobre o aproveitamento de sótãos, mas sempre devemos consultar os códigos de construção local. 

As paredes internas no sótão podem ser feitas com os mais variados tipos de materiais, desde a alvenaria tradicional, gesso ou madeira, deve-se observar sempre a necessidade de realizar um bom isolamento acústico nas paredes, principalmente se esta fizer divisa com a caixa d'gua, outros pontos que devem ser observados são os isolamentos térmicos, vento e umidade. Considerando que 70% do calor interno de uma casa provém do telhado  devemos tomar diversos cuidados no projeto para evitar situações desagradáveis dentro do espaço criado. O uso de uma subcobertura, forro, é indispensável pois ela garante a proteção o isolamento de poeira proveniente dos telhados, permite a aplicação de um isolamento térmico de lã de vidro ou isopor.